>

A Constelação na vida de uma terapeuta integrativa

A Constelação na vida de uma terapeuta integrativa

E o mundo dá muitas voltas, de formação sou advogada, mas há aproximadamente 5 (cinco) anos, a minha vida que era repleta de altos e baixos, estagnou e percebi que estava desconectada do meu coração.

Iniciei uma busca insana por meu religare, quando conheci as técnicas de terapias integrativas, iniciei no Reiki, ThetaHealing, Barras de Access, Estudos voltados a curas dos ambientes das pessoas como: Geobiologia, Radiestesia, Radiônica e Feng Shui.

Abracei os novos conhecimentos e era muito procurada por pessoas que realizaram as formações comigo para atendimento, neste momento conheci as Constelações Familiares, através de uma amiga e estive no IPEC, assistindo e participando de representante.

Como eu que não tinha nenhuma ligação com a pessoa que constelava ou representava, ao entrar como representante sentia: tristeza, alegria, medo etc, bem como, ao final sabia que aqueles não eram os meus sentimentos?

E como ao assistir ou representar eu me sentia conectada com a Constelação Familiar realizada, pois localizava na minha vida e família pontos em comum?

O incrível é que fui constelada algumas vezes, me recordo de duas em específico, a primeira que desemaranhou a relação com a minha mãe, tinha muito ressentimento e depois da constelação, mudei e via claramente os comportamentos que adotava para tornar o relacionamento desgastante, conseguia ter a percepção das mudanças necessárias para melhorar o vínculo, hoje convivo com harmonia e leveza, respeitando e ocupando o meu lugar na família.

A outra constelação que recordo com muita alegria, foi quando decidi abraçar as terapias integrativas e afastar-me do Direito, advogada há 16 (dezesseis) anos, mas vivendo fora do meu propósito de vida, constelei esta questão e pude revisitar o meu passado profissional, olhando com amor e respeito o caminho que tracei no labor.

Nos dois casos, ao ter paz com o passado, assumindo o meu lugar, com gratidão aos meus pais e aos que vieram antes de mim, me trouxe crescimento. E ao desprender a bagagem que impedia o fluxo da vida, permitiu a leveza dos tempos de outrora tão distantes do meu momento de desconexão com o meu coração.

O meu religare, permitiu assumir a minha luz e a aceitação da centelha divina contida em mim.

A Constelação Familiar está enriquecendo o trabalho que realizo olhando com amor a vida das pessoas que hoje, como terapeuta integrativa, atendo, trazendo o sentir, encarando com honestidade a verdade de cada um.

Utilizar as leis da Constelação Familiar, trabalhando a hierarquia, o pertencimento e o equilíbrio das relações, colocadas em pratica na vida dos clientes, de forma a trazer os fios familiares em alinhamento com a questão da pessoa atendida, liberando os nós e emaranhamentos arrastados e que impedem o desenvolvimento dos movimentos para mudança de padrões repetitivos negativos, realizados de forma inconsciente pelo consulente é libertador.

Assim como, transmutando os movimentos interrompidos, participando do reencontro do destino particular de cada um, ou em momentos em que sozinhos não conseguimos sair das situações vividas, ter a Constelação Familiar para harmonizar o todo, olhar o que ocorre primeiro como você acredita que é e depois vendo os movimentos que ocorrem naturalmente, passando e parando para olhar os emaranhamentos e liberar o fio impeditivo, que gera a dor; possibilita um entendimento veloz, com grande ascensão.

E dentro deste processo de crescimento, busquei a formação de conciliadora ainda quando advogada, para poder atuar nos escritórios de advocacia, agregando a formação de Constelação Familiar, possibilitando ajudar as famílias que estão em conflito, constelando o litígio, humanizando as práticas de conciliação e possibilitando a construção do diálogo entre as partes litigantes.

A Constelação Familiar adentrou a minha vida num processo de reestabelecimento familiar e profissional, permitindo a cura do que não era: visto e respeitado, trazendo reciprocidade nas relações, permitindo o meu progresso.

Proporcionar aos clientes a utilização da Constelação Familiar no atendimento terapêutico ou nos escritórios de advocacia é resgatar esse caminho que fiz, olhar os sistemas, aplicar as leis das relações familiares e entender o próximo passo, para que o cliente visualize o que lhe traz sofrimento, liberando o que tolhe seu caminho, transformou o meu eu com assertividade.

Perguntas Rápidas

  • Escolho apenas um tratamento?

     Não, normalmente faço uma mescla de tratamentos para atender melhor 
  • Posso optar apenas pelas terapias complementares?

     Não, as terapias complementares como o nome diz, são complementos ao tratamento indicado pelo seu médico. 
  • O que está pegando? é suficiente?

     Não, ele é apenas um primeiro passo para sairmos da inércia objetivando o tratamento pleno 
  • Há algum tratamento online?

     Sim, vários! Entre em contato comigo e tire suas dúvidas!!! 

Cadastro de e-mail

Cadastre seu e-mail aqui para podermos entrar em contato com você!

Menu