>

O Mestre dos magos e as mensagens das Constelações Familiares

O Mestre dos magos e as mensagens das Constelações Familiares

Para quem lê o título deste texto e pertence a uma geração póstuma aos anos 80, pode ficar perdido, afinal não tem conhecimento de quem é o Mestre dos Magos.

Será um guru? Será um mágico? Ou apenas o título deste texto?

O Mestre dos Magos era um personagem do desenho Caverna do Dragão da década de 80, que animava as manhãs das crianças da época, baseado no jogo Dungeon & Dragons, para quem assiste a série Stranger Things, no Netflix, sabe da importância deste jogo para os personagens.

A animação, consistia em um grupo de 5 (cinco) adolescentes, Hank, Eric, Sheila, Presto, Diana e uma criança, o Bobby, que iam até um Parque de Diversões, em um passeio na montanha russa tipo trem fantasma chamado Caverna do Dragão, embarcavam em um carrinho, iam para outro mundo diferente, em outra “dimensão” medieval e fantástica, nomeada o “Reino”.

O Mestre dos Magos, aparece logo que eles chegam e presenteia cada um, com objetos mágicos, para sua defesa e desenvolvimento neste novo mundo, ele os “guiava” na busca de casa e tinham como inimigo “O Vingador”, a eterna boa e velha dualidade, através da disputa entre o bem e o mal.

Durante todo episódio, quem assistia acompanhava a saga para que retornassem de volta para casa e assim todos os dias as aventuras para o regresso aconteciam, chegavam muito próximos, sentindo o cheiro da comida, vendo através de portais o parque de diversões e a Terra, às vezes até voltavam, mas não conseguiam ou eram impedidos por algo, impelidos a retornarem e ficarem no Reino.

Afinal quem era o Mestre dos Magos? Fisicamente era um homem de estatura baixa, longos cabelos, mas careca, de olhos claros, vestes vermelhas com detalhes dourados, fala mansa, calmo, com seriedade e até humor, quase uma versão refinada do Yoda, de Star Wars.

Todos os personagens no desenho representavam algo medo, família, força, esperteza e outros, a grande dúvida estava na figura do Mestre dos Magos, geralmente aparecia no começo e no final dos episódios, de início dando uma pista, como um “bom” mestre através de frases filosofais, com uma linguagem obscura e dúbia, gerando mais trabalho e esforço para os personagens decifrarem suas dicas incógnitas, com sua aura de sabedoria.

O Mestre dos Magos, aparecia e desaparecia magicamente, sempre com seus enigmas e criando as situações mais desafiantes no caminho percorrido, algumas frases são tão contundentes e confundem-se com situações das Constelações Familiares.

A Constelação Familiar é uma terapia breve, no qual a pessoa traz uma questão para olhar, são posicionadas pessoas (representantes) no campo morfogénetico, caracterizando as pessoas envolvidas e até a questão tudo com ligação ao cliente, observando e acompanhando os movimentos trazidos, os SENTIMENTOS, utilizando frases na qual são trabalhadas e até a possível resolução do assunto trazido.

Seguem abaixo algumas das falas do Mestre dos Magos nos desenhos e uma visão conectando as Constelações Familiares:

“As coisas tem um propósito inclusive a sua presença aqui”. Nas Constelações Familiares, é considerado que estamos a serviço, as pessoas que assistem, as que representam, as vítimas e até os agressores, todos estão ali por um bem maior.

“A prisão está escondida”, quantas vezes as situações trazidas nas constelações familiares, demonstram prisões da ancestralidade, de padrões repetidos ou de situações vivenciadas por eles e apesar de conscientemente não querer viver desta forma, continua mantendo atitudes nocivas para si mesmo, o campo permite a leitura do que era sentido mais não visto.

 “Vocês devem superar o que mais temem os inimigos dentro de vocês mesmos”,  quando uma pessoa busca um atendimento de Constelação Familiar, permite o olhar para dentro encarar o que causa mal ou até a sua ancestralidade, procurando liberá-la do que é nocivo para si mesma e possibilitarem atitudes diferenciadas das que anteriormente mantinham, mas que não compreendiam antes.

O caminho para casa é algo que o Mestre dos Magos sempre menciona! O que seria? São diversos pontos de vista, mas para mim o auto conhecimento permite que você olhe para dentro, CURTA A SUA JORNADA e veja o seu caminho, ouça e veja seus sonhos, coloque em prática seu propósito e viva a sua potência, libertando-se dos emaranhamentos trazidos da ancestralidade ou até os criados por você, isso para mim é voltar para casa.

Perguntas Rápidas

  • Escolho apenas um tratamento?

     Não, normalmente faço uma mescla de tratamentos para atender melhor 
  • Posso optar apenas pelas terapias complementares?

     Não, as terapias complementares como o nome diz, são complementos ao tratamento indicado pelo seu médico. 
  • O que está pegando? é suficiente?

     Não, ele é apenas um primeiro passo para sairmos da inércia objetivando o tratamento pleno 
  • Há algum tratamento online?

     Sim, vários! Entre em contato comigo e tire suas dúvidas!!! 

Cadastro de e-mail

Cadastre seu e-mail aqui para podermos entrar em contato com você!

Menu